Brazil

Iniciando o milagre do som

O dia da ativação do seu filho será o dia de mudança das suas vidas. Normalmente é agendado entre duas a quatro semanas após a cirurgia, este importante dia pode ser preenchido com esperança, entusiasmo e expectativas variadas.

Porque as crianças vêm para o processo em diferentes idades, com diferentes experiências auditivas e diferentes níveis de desenvolvimento da linguagem, eles têm uma grande variedade de respostas ao som. Os novos sons podem ser assustadores, confuso, ou excitante para um bebê ou uma criança. Com o tempo e prática, as habilidades auditivas e de linguagem do seu filho podem melhorar significativamente.

Carson está crescendo e aprendendo com os sons ao redor

“Todo dia é memorável para nós. Desde a ativação até agora, Carson ama seus implantes cocleares. Ele nunca tenta tirar ou ficar sem os sons ao seu redor. Ele ama a música e aprender a ler."


Cindy Roller, mãe de Carson, implante bilateral simultaneamente aos 12 meses

O que esperar do grande dia do seu filho

A jornada auditiva para o seu filho será sem dúvida cheia de momentos especiais que devem ser tratados com muito carinho. A ativação será programada duas a quatro semanas após a cirurgia do implante. Pode parecer uma eternidade entre as duas datas, mas isso oferece tempo ao seu filho para se recuperar e se preparar para um novo começo.

Cada criança é única e todos respondem de forma diferente ao ouvirem pela primeira vez. O principal objetivo da ativação é encontrar um volume confortável para o seu filho para que o seu primeiro programa auditivo ou "mapa" possa ser definido.

O que o seu filho realmente pode ouvir na primeira vez que o implante coclear AB estiver ligado dependerá de muitos fatores. Os detalhes do potencial auditivo do seu filho dependerão de:

  • Idade do início da perda auditiva
  • Grau da perda auditiva
  • Idade da realização do implante
  • Condições médicas da orelha interna
  • Outras condições médicas que podem afetar a audição

Com o tempo e a prática, seu filho irá ouvir cada vez mais os detalhes dos sons ao seu redor.

Preparando seu filho e o processador

Algumas clínicas fornecem materiais e kits antes da ativação. Se o seu profissional de saúde auditiva lhe fornecer materiais de leitura e DVDs sobre o processador de som do seu filho, certifique-se de revisá-los antes da ativação inicial. Saber como operar o processador do seu filho corretamente vai lhe dar a confiança e conhecimento para ajudar o seu filho a ouvir melhor a cada dia.

Seu profissional de saúde auditiva também pode lhe entregar o Kit de Processador antes da primeira consulta do seu filho. Se você tiver o kit, você pode preparar o processador do seu filho para a ativação inicial, carregando as suas baterias um dia antes da consulta. Durante o atendimento seu filho irá naturalmente se preparando para ouvir seu primeiro som!

O mapeamento do seu filho para uma melhor audição

O profissional de saúde auditiva irá utilizar um software especial para criar programas personalizados para o processador de som do seu filho. É durante esse processo que a criança deve começar a ser capaz de ouvir o som. Algumas crianças são capazes de dizer ao profissional de saúde auditiva o que ouvem, bem como o volume e a frequência do som. Se o seu filho não consegue descrever o que ouve, não se preocupe! Seu profissional de saúde auditiva é especialmente treinado para observar respostas comportamentais do seu filho ao som.  Além disso, o software da AB fornece ao profissional de saúde auditiva uma ferramenta para medir as respostas do nervo auditivo, de modo que os níveis adequados possam ser definidos para o programa auditivo, independentemente da capacidade do seu filho em participar da programação.

Com o que o som pode se parecer?

Inicialmente, as crianças muito pequenas podem não ter associação ou compreensão do som, então elas podem não saber de imediato o que estão ouvindo. Elas podem se assustar com o que ouvem ou podem simplesmente ignorar. Não importa a resposta, o fato de que eles podem ouvir é motivo de comemoração.

Como a audição melhora

Como o seu filho embarcou nesta jornada auditiva, é muito importante conhecer os três aspectos que afetam o desenvolvimento da audição:

  • Tempo
  • Programação
  • Experiências auditiva

As crianças pequenas que ainda não desenvolveram habilidades auditivas e de linguagem oral têm alguns objetivos a alcançar. A linguagem não é desenvolvida durante a noite, nem a conscientização e compreensão do som. Uma criança de dois anos de idade, que possui a perda auditiva desde o nascimento tem de recuperar o atraso e associar o som com as palavras e as palavras com seu significado. A velocidade do progresso varia entre os usuários de implante coclear.

Além de elaborar um plano de reabilitação com o profissional de saúde auditiva, seu filho também pode utilizar The Listening RoomTM, um site interativo para pais e profissionais que fornece ideias livres, materiais e suporte para promover a audição ativa e estimulação da linguagem (em Inglês).

Quão boa será a audição do meu filho?

Seu filho irá se acostumar com o seu novo implante coclear, o som vai começar a se transformar ao longo dos primeiros dias, semanas e meses. Esta é uma ocorrência natural, que coincide com as mudanças no sistema auditivo do seu filho, como nervos e cérebro que se familiarizam ou re-familiarizam com o som.

É preciso tempo e prática para ouvir melhor com os implantes cocleares. É importante lembrar que trata-se de um processo, não de uma transformação instantânea. Assim como as pessoas com audição normal tiveram que aprender a ouvir, seu filho vai precisar praticar para aprender a ouvir. Você pode trabalhar com o seu profissional de saúde auditiva para um plano de reabilitação e utilizar os recursos da AB The Listening Room™ (em Inglês).


Como os pais podem ajudar

Traga os brinquedos favoritos do seu filho para o o dia da ativação. A adaptação dos processadores e a realização da programação inicial pode demorar entre 30 minutos a uma hora. Tendo distrações divertidas como brinquedos não só irá ajudar seu filho a passar o tempo, mas também mantê-lo ocupado enquanto o profissional de saúde auditiva realiza a programação. Durante o atendimento, também é importante que você compartilhe com o profissional de saúde auditiva suas observações sobre as respostas do seu filho, as suas observações podem ser muito útil para a sessão de programação.


Quem deve comparecer na consulta de ativação?

Embora você possa levar pessoas à primeira consulta de programação do seu filho, você deve considerar ter apenas um familiar ou um amigo mais próximo presente. Seu profissional de saúde auditiva também pode lhe ajudar na escolha de alguma pessoa para que o acompanhe, caso não tenha pensado em ninguém.

Às vezes, as pessoas querem toda a família, como avós, irmãos, ou outros para compartilhar este primeiro momento auditivo muito importante da criança. No entanto, a criança pode se sentir pressionada ou com medo durante o processo de programação. No primeiro atendimento, ter muitas pessoas ao redor potencialmente pode distrair a criança.


Configuração do sistema

O profissional de saúde auditiva irá conectar o sistema de programação ao processador do seu filho e colocar a antena sobre o implante. A visita pode começar com a execução de testes diagnósticos para ter certeza que tudo está ativado, incluindo o nervo auditivo do seu filho. Imagens de Resposta Neural (NRI) é um método utilizado para obter informações sobre o nervo auditivo da criança e os níveis em que uma resposta à entrada do som pode ser alcançado. Seu filho pode ou não pode reagir a sons durante este teste e pode se movimentar e brincar com os brinquedos, enquanto o teste está sendo realizado.

Programas

O processador de som Harmony™ e Processador Platinum Series™ (PSP) do seu filho podem armazenar três programas. Na primeira consulta do seu filho, o profissional de saúde auditiva pode começar com um programa ou pode criar alguns programas para testar até a próxima consulta. Seu profissional de saúde auditiva irá lhe orientar como identificar os programas e dizer para qual determinada situação é indicado, e como compará-los. Você deve observar o seu filho e tomar nota de todas as diferenças que você observa nas respostas com os processadores, ao usar diferentes programas, e os tipos de sons que ocorrem. Não espere com grande expectativa nos primeiros dias e semanas, uma vez que vai levar tempo para o seu filho se adaptar. Peça ao profissional de saúde auditiva/fonoaudiólogo do seu filho para lhe ajudar a observar as respostas do seu filho em relação ao som.


Ajustando o nível de volume

O profissional de saúde auditiva irá aumentar lentamente o volume e avaliar a resposta do seu filho. Os primeiros sons podem produzir uma variedade de reações, incluindo chorar, rir, olhar para cima, confusão, ou até mesmo ignorá-lo. O som pode ainda não ter nenhum significado para a criança, portanto eles podem não ter qualquer reação óbvia à primeira vista. Caso isso ocorra, o profissional de saúde auditiva especializado irá identificar comportamentos que poderiam passar desapercebidos. Estes passos importantes irão ajudar a garantir que seu filho está ouvindo melhor durante esta fase da jornada auditiva.


Frequência versus Volume

Se seu filho tem idade suficiente, o profissional de saúde auditiva pode solicitar que compare o volume de dois sons para que ele possa definir a intensidade para diferentes frequências. Isto pode ser repetido para múltiplos sons. Seu profissional de saúde auditiva irá ajudar o seu filho a se lembrar que o volume refere-se à intensidade dos sons (alto/baixo; fraco/forte), enquanto frequência (grave/agudo) à qualidade tonal. Por exemplo, um som que é menor em altura soa mais grave, como um tambor ou uma voz de homem. Um som que é mais agudo soa como um apito ou uma voz de mulher. Seu filho irá desejar os mesmos níveis de volume, mesmo quando a frequência é diferente. Pode parecer complicado, mas esta atividade, muitas vezes, torna-se mais fácil com o tempo.


"Poucos dias após o primeiro mapa da Sophie, meu marido estava trabalhando na nossa garagem. Sophie e eu estávamos sentadas na sala de estar lendo um livro quando de repente ela levantou e olhou para mim e com gestos 'Papai ... martelo' e correu para a porta de trás para olhar para ele na garagem, onde ela sabia que ele geralmente utilizava os martelos."


Carrie Dluhy, mãe de Sophie, implantada aos 14 meses, implante bilateral aos 2 anos

 

Não saia do atendimento com dúvidas

Antes de sair do consultório do profissional de saúde auditiva, certifique-se de compreender como colocar e utilizar o processador e as baterias do implante coclear do seu filho. Guia rápido e Manual do usuário devem ser revisados após alguma experiência com o sistema. Lembre-se, o som pode ou não ser agradável para o seu filho quando eles iniciam o uso do implante coclear. Independentemente disso, é importante utilizar o processador de som durante a maior parte de tempo do dia, porque cada momento e sons são importantes para o desenvolvimento auditivo e de linguagem do seu filho.

Os próximos passos para a jornada auditiva do seu filho

O profissional de saúde auditiva do seu filho irá orientá-lo para agendar as próximas sessões de mapeamento. Normalmente, várias sessões de mapeamento são necessárias durante os primeiros meses da jornada do seu filho. Suas observações das respostas do seu filho irão ajudar o profissional de saúde auditiva em relação aos ajustes, avaliação do progresso do seu filho, e melhorar a audição.

Para mais informações, entre em contato com a AB da sua região ou com o seu profissional de saúde auditiva.

Entre em Contato


A AB não vende ou transfere informações pessoais suas para outras empresas.

Atendimento ao Cliente

Telefone: 
(11) 3774-1794

De segunda a sexta, das 8h30 às 18h.

A Jornada do Seu Filho